Matéria China Daily: Entrevista Completa

Matéria China Daily _page-0001.jpg

Link da Matéria:   CLIQUE AQUI

Tradução da matéria para português:

Incêndios na Amazônia alertam sobre impacto ecológico

Por Sergio Held em Bogotá |China Daily Global|

As nações ao longo do rio Amazonas não estão apenas enfrentando enormes incêndios nas florestas, mas também combatendo as percepções de que as políticas pró-desenvolvimentistas são responsáveis pelos incêndios que os ambientalistas temem que possam afetar a ecologia da floresta tropical da América do Sul.

O governo relativamente jovem do presidente brasileiro Jair Bolsonaro está lidando com a situação usando tropas e assistência de combate a incêndios de alguns países, embora inicialmente se oponha à oferta financeira do G7.

“Mais de 43.000 membros das forças armadas (Marinha, Exército e Força Aérea) estão localizados na região. Eles estão disponíveis para atuar sob demanda, coordenados com agências de controle ambiental e segurança pública”, afirmou o Ministério da Defesa do Brasil.

Bolsonaro questionou se algum outro país pode dizer ao Brasil ou não como usar seus recursos naturais.

A floresta amazônica abrange mais de 5,5 milhões de quilômetros quadrados em nove países, embora dois terços da área estejam no Brasil. Mais de 160.000 incêndios florestais foram registrados até agora em toda a região este ano, com cerca de metade deles no Brasil. Do restante, 26.000 estão na Venezuela, 19.000 na Bolívia e cerca de 14.000 na Colômbia e Argentina.

Os Estados Unidos e Israel enviaram aviões de combate a incêndios para ajudar a combater as chamas. Outros países estão alugando aviões para pulverizar água e retardantes de incêndio.

Para o resto do continente, a preocupação é que a queima de uma seção específica da floresta amazônica possa ter implicações nos padrões climáticos e no acesso regional à água. Uma única árvore grande na Amazônia pode liberar cerca de 1.000 litros de água na atmosfera todos os dias através de um processo chamado evapotranspiração. Essa água se transforma em chuva que cai por toda a região.

“Calculando isso, a Amazônia alcançaria o número extraordinário de 20 bilhões de toneladas de água em um único dia. Chamamos isso de rios voadores, disse Ana Luiza Tunes, engenheira ambiental e especialista em gestão de recursos hídricos, que fundou o Portal Ambiental brasileiro Tunes Ambiental.

“São os ‘rios voadores’ formados na Amazônia que trazem água de volta ao continente. Isso nos leva a concluir que a floresta amazônica não é apenas um dos principais pulmões do mundo, mas o coração do planeta Terra”, disse Tunes.

Durante a estação seca, que costuma ocorrer de maio a outubro, os incêndios na Amazônia são provocados por fontes naturais, como raios. Alguns argumentam que a temporada de incêndios deste ano não é particularmente diferente dos outros.

Segundo a NASA, a atividade total de incêndio na bacia amazônica em 16 de agosto estava próxima da média em comparação com os últimos 15 anos. O Global Forest Watch, uma plataforma on-line que fornece dados e ferramentas para monitorar florestas, concordou, embora dados de outras agências apontem para um aumento de incêndios.

O presidente brasileiro Bolsonaro argumentou que os alarmes globais são politicamente motivados.

Renan Buchelt de Oliveira, consultor ambiental, disse: “O problema é a guerra da mídia contra o atual governo, não um aumento de incêndio”.

Ele disse que são principalmente os partidos da oposição que criticaram duramente o governo de Bolsonaro e a administração dos incêndios. “Em oito meses de governo, esses grupos tentam desestabilizar o novo governo”, afirmou.

Os críticos dizem que as políticas pró-desenvolvimento do presidente são responsáveis por muitos dos incêndios, devido à expansão das táticas de corte e queima. Eles argumentam que os incêndios deste ano são o começo de uma tendência causada pelo desmatamento descontrolado desencadeado pelas políticas pró-agricultura.

Atualmente, cerca de 2.500 incêndios estão acontecendo no Brasil. O estado brasileiro do Amazonas conseguiu controlar algumas áreas depois de declarar estado de emergência em 11 de agosto.

Os incêndios se espalharam pelas florestas tropicais e savanas próximas às fronteiras da Bolívia com o Paraguai e o Brasil. Pelo menos 1 milhão de hectares foram afetados pelas chamas, disseram autoridades bolivianas.

“Mais de 800.000 hectares da floresta de Chiquitano (dentro da floresta amazônica) foram queimados na Bolívia em agosto. Essa região é a maior floresta seca do mundo e corre o risco de perder esse título”, disse Tunes, engenheira ambiental.

 

Amazon fires raise alarm on ecological impact
O fazendeiro brasileiro Helio Lombardo Do Santos percorre uma área queimada da floresta amazônica perto de Porto Velho, capital do estado brasileiro de Rondônia, na segunda-feira. Foto: Carl de Souza

Entrevista base para a matéria:
(Português e Inglês)

S: Por que existem tantos incêndios desta vez, em comparação com o ano passado? O que mudou?

S: Why are there so many fires this time, in comparison to last year? What has changed?

Português

O primeiro problema é o relaxamento nas políticas de fiscalização ambiental no país desde o início do ano. No órgão fiscalizador IBAMA (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais renováveis) houve trocas de profissionais  em postos chave do órgão, além da diminuição de quase 30% em autuações quando comparado ao mesmo período de 2018. Quando consideramos crimes ambientais contra a flora nos estados que compõem a Amazônia Legal, a redução das autuações foi de mais de 40% segundo dados do próprio IBAMA.  Somado a isso os discursos do presidente Jair Bolsonaro demonstram clara priorização no setor agropecuário. Ações como a transferência do Serviço Florestal Brasileiro para o Ministério da Agricultura e as duras críticas ao percentual de preservação de áreas verdes nas propriedades rurais,  incentivam as queimadas por parte de ruralistas e grileiros.

No dia 10 de agosto desse ano, mais de 70 pessoas nos municípios de Altamira e Novo Progresso combinaram através de um grupo de WhatsApp de atear fogo na floresta Amazônica nas margens de uma estrada com o intuito de mostrar apoio às políticas ambientais do presidente Bolsonaro. Esse dia foi chamado de Dia do Fogo. (Publicado pela Revista Globo Rural). Após esse dia, o Inpe (Instituto Nacional de Pesquisa Espaciais) registrou uma explosão de focos de incêndio na região.

Inglês

The first problem is the flexibility of environmental inspection policies in the country since the beginning of the year. At the IBAMA (Brazilian Institute of Environment and Renewable Natural Resources), there were exchanges of professionals in key positions of the agency, in addition to the reduction of almost 30% in fines when compared to the same period of 2018. When we consider environmental crimes against flora In the states that compose the Legal Amazon, the reduction in fines was over 40% according to IBAMA data. In addition, Bolsonaro’s speeches show clear prioritization in the agricultural sector. Actions such as the transfer of the Brazilian Forest Service to the Ministry of Agriculture and the harsh criticism of the percentage of preservation of green areas on rural properties encourage the burning of ruralists and land grabbers.

On August 10 of this year, more than 70 people in the cities of Altamira and Novo Progresso combined through a WhatsApp group to set fire to the Amazon rainforest along the side of a road to show support for President Bolsonaro’s environmental policies. This day was called  (DIA DO FOGO) Fire Day. (Published by Globo Rural Magazine). After that day, INPE (National Institute for Space Research) recorded an explosion of fire outbreaks in the region.

S: O que torna esse fogo tão diferente dos incêndios que o Brasil registrou no passado? Vejo, por exemplo, que durante o governo Lula havia um pico muito maior de alertas de incêndio no Brasil … mas não era manchete global na época …


S: What makes this fire so different than the fires that Brazil has recorded in the past? I see, for example, that during Lula´s government, there was a much higher peak of fire alerts in Brazil….but it didn´t make global headlines at that time…

Português

O Brasil está passando por uma crise política bilateral, o que por si só já aumenta a insatisfação pelo governo do atual presidente. Além disso, com as falas polêmicas direcionadas aos ambientalistas, ONGs, políticas ambientais e a desacreditação dos dados de satélite,  o presidente incentiva ações criminosas de pecuárias e grileiros. Nos últimos anos havíamos reduzido significativamente o número de queimadas e, no ano de 2019, houve um pico assustador no número de focos.  O governo Lula ocorreu entre os anos de 2003 e 2010 e, acredito que, a mentalidade voltada ao meio ambiente era muito diferente do que a atual. O ambientalismo e o pensamento verde vem crescendo mundialmente e as exigências ao governo também. Além disso, o desmatamento é sempre cumulativo, mesmo que haja uma taxa maior ou menor, a área da floresta está sempre diminuindo e nossa biodiversidade morrendo.

Inglês

Brazil is experiencing a bilateral political crisis, which is already increasing dissatisfaction with the current president. In addition, with his controversial speeches aimed at environmentalists, NGOs, environmental policies and with his with his clear disagreement with satellite deforestation data, the president encourages criminal actions of farmers and land grabbers. In recent years there has been a significant reduction in the number of burns and in 2019 there has been a strange peak in the number of wildfires outbreaks. The Lula administration was between 2003 and 2010, and then an environmental mindset was very different than the current one. Environmentalism and green thinking are growing worldwide and as demands on the government as well. In addition, deforestation is always cumulative, even if it is a higher or lower rate, an area of the forest is always shrinking, and our biodiversity is dying.


S: Qual a importância da bacia amazônica para a região e para o mundo?

S: What’s the importance of the Amazon basin for the region and for the world?

Português

A Amazônia possui a maior biodiversidade do mundo, sendo também indispensável para os ecossistemas marinhos. Só o Rio Amazonas contribui com 16% do volume total de água de rios no oceano levando nutrientes da floresta até os ambientes marinhos. Além disso, 98,6% das reservas indígenas do país estão na floresta Amazônica sendo indispensável para a sobrevivência dessas culturas.  A evapotranspiração na Amazônia é de extrema importância para o clima global, já que muitas das correntes de umidade começam ali. As árvores presentes na Amazônia transferem tanta água do solo para a atmosfera que esse evento é visto até mesmo do espaço. Há aproximadamente 600 bilhões de árvores na região, que utilizam a luz do sol para fazer tal transferência. Uma só árvore de grande porte consegue jogar para a atmosfera 1000 litros de água por dia somente a partir de sua transpiração. Fazendo o cálculo chegaríamos ao número extraordinário de 20 bilhões de toneladas de água em um único dia. Chamamos isso de “Rios Voadores”. A maior parte do oxigênio produzido pela Amazônia é consumido por ela própria. Por outro lado, são os Rios Voadores formados na Amazônia que trazem de volta ao continente a água levada ao oceano. Isso nos leva a concluir que a Floresta Amazônica não é o pulmão do mundo e sim, o coração do Planeta Terra.

Inglês

The Amazon has the largest biodiversity in the world and is also indispensable for marine ecosystems. The Amazon River alone contributes 16% of the total volume of river water in the ocean by bringing nutrients from the forest to marine environments. In addition, 98.6% of the country’s indigenous reserves are in the Amazon rainforest and are indispensable for the survival of these cultures. Evapotranspiration in the Amazon is indispensable and very important to the global climate as many of the humidity currents start there. Amazonian trees transfer so much water from the ground to the atmosphere that this event is seen even from space. There are approximately 600 billion trees in the region that use sunlight to make such a transfer. A single large tree can pour into the atmosphere 1000 liters of water a day only from its evapotranspiration. Calculating that, would reach the extraordinary number of 20 billion tons of water in a single day. We call this Rios Voadores, or the “Flying Rivers.” Most of the oxygen produced by the Amazon is consumed by itself. On the other hand, it is the Flying Rivers formed in the Amazon that bring water back to the continent. This leads us to conclude that the Amazon Rainforest is not main the lung of the world, but the heart of Planet Earth.


S: O que você acha da decisão de Bolsonaro de não interferir internacionalmente? O que você acha da resposta dele aos incêndios?

S: What do you think about Bolsonaro’s decision to hold to no international interference? What do you think about his response to the fires?

Português

Acredito que o presidente estava agindo dessa maneira para demonstrar uma forma de controle sobre a situação, mas após as pressões políticas e diplomáticas ele foi abrigado a ceder e aceitar apoio além de perceber tardiamente a real gravidade da situação. As primeiras declarações do presidentes davam a entender que os focos de incêndio poderiam ter vindo de membros de ONGs, o que causou grande revolta da população. Conforme as manifestações foram aumentando e com ela a gravidade do problema, o presidente teve que voltar atrás em muitas de suas declarações. Anteriormente Jair havia afirmado que dispensava a ajuda de milhões de dólares da Alemanha para o Fundo Amazônia.

Inglês

I believe the president was acting this way to demonstrate a form of control over the situation, but after political and diplomatic pressures he was bound to give in and accept support as well as he realized the real gravity of the situation. The presidents’ first statements hinted that the fires could have come from members of NGOs, which caused a major revolt in the population. As the demonstrations escalated and with it the severity of the problem, the president had to backtrack on many of his statements. Last month, Jair had claimed that he was dispensing Germany’s million-dollar contribution to the Amazon Fund.

S: E a responsabilidade boliviana? Há um decreto do governo boliviano de julho, autorizando a queima da floresta amazônica para expandir a fronteira agrícola…

S: What about Bolivian responsibility? There is a decree from the Bolivian government from July, authorizing the burning of Amazon rainforest to expand the agricultural frontier…

Português

Mais de 800 mil hectares da Floresta CHIQUITANO (subdivisão da Amazônia) foi queimado na Bolívia durante o mês de Agosto. Essa região corresponde à maior floresta tropical seca do mundo correndo o risco de perder esse título. O presidente boliviano já comentou no passado que é justificável utilizar de queimadas para limpeza da Terra para plantio. Além disso, o decreto do presidente e suas declarações podem encorajar e demonstrar proteção à esses tipos de crimes. Assim como Bolsonaro, Evo nega ajuda internacional ao contrário dos pedidos da população contribuindo ainda mais para que o fogo se alastre. As queimadas já chegaram em Santa Cruz de La Sierra, a maior cidade do país.

Inglês

More than 800,000 hectares of the CHIQUITANO Forest (inside the Amazon forest) were burned in Bolivia during August. This region is the largest dry rainforest in the world and the risk of losing this title. The Bolivian president has already commented in the past that it is justifiable to use wildfires  for crops.  In addition the president’s decree and his statements may encourage and of protect these kinds of crimes. Like Bolsonaro, Evo denies international help, contrary to popular demand, further contributing to spread fire. As the fires have already arrived in Santa Cruz de La Sierra, the largest city in the country.

S: Quais poderiam ser as consequências desse incêndio no futuro? Quanto tempo demorou para se recuperar dos danos? E quais são os impactos a médio e longo prazo desses incêndios?

S: What could be the consequences of this fire in the future? How long could it take to recover from the damages? And what are the mid-term and long-term impacts of this fires?

Português

A Amazonia está se aproximando do “point of no return”, a floresta já teve 17% da sua área degradada nos últimos 50 anos e cientistas afirmam que se a destruição chegar à 20% o dano será irreparável. Ou seja, o número de árvores não seria suficiente para a manutenção dos rios voadores, prejudicando o regime de chuvas em toda America do Sul além de alterar todo o equilíbrio climático global. Mais da metade da floresta se tornaria uma savana degradada.
O tempo exato da recuperação da floresta é incerto, porém é possível prever mais de 200 anos para que essas áreas atinjam novamente o clímax. Caso haja investimentos em estudos  em planos de manejo esse tempo pode ser reduzido significantemente.

Já podemos observar os efeitos de curto prazo em diversas regiões do país. Aqui no Sudeste observamos no dia 18 de agosto uma escuridão anormal no céu. Às 15h em São Paulo, o dia estava escuro como a noite e a água da chuva era escura e com cheiro de fumaça. A situação é ainda pior na região Norte, há cidades que estão com alto índice de partículas de fuligem no ar causando mais de 30mil casos de infecções respiratórias em Rio Branco, estado do Acre.

Inglês

The Amazon is approaching the “point of no return”, the forest has already had 17% of its degraded area in the last 50 years and is stated that, reaching 20% of deforestation, damage will be irreparable. That is, the number of trees won’t be enough for the maintenance of the flying rivers, harming the rain regime throughout South America and altering the entire global climate. More than half of the forest would become a degraded savannah. The exact time of forest recovery is uncertain, but more than 200 years can be predicted for areas to recover the old climax. If investments are made in management environmental studies, this time may be significantly reduced. We can already observe the short-term effects in various regions of the country. Here in the Southeast we observed on August 18 a greyness in the sky. At 3 pm in Sao Paulo, the day was dark and the rainwater was dark and smoky. The situation is even worse in the northern region, there are cities that have a high index of soot particles in the air causing more than 30,000 cases of respiratory infections in Rio Branco, state of Acre.

%d blogueiros gostam disto: