Texto Curioso – Formigas – Conheça o maior império da história de nosso planeta!

Quando pensamos em grandes cidades, logo nos vem à mente construções humanas, com grandes vias de circulação de carros, lojas e arranha-céus. Porém, em outro post do site, mencionamos que a maior construção já feita por um ser vivo foi desenvolvida por cupins, em uma cidade subterrânea maior que o Reino Unido. Embora, em área contínua, essa possa ser a maior “cidade” da história, existe uma colônia de animais crescendo e se expandindo em uma velocidade nunca vista antes. Expandindo-se por todos os continentes, essa única colônia abriga milhões de indivíduos em diversos países, que são capazes de trabalhar em conjunto de forma surpreendente. Conheça o maior império atual do nosso planeta, a Mega-Colônia Global das Formigas!

ant mega-colony
Trabalho em equipe de formigas-argentinas – Fotógrafo desconhecido

Hoje em dia, as formigas são um dos grupos de animais que dominam nosso planeta. Desde seu surgimento, há 140 milhões de anos, esses animais se tornaram uma parte crucial dos ecossistemas em que vivem, ocupando os mais diversos nichos possíveis. Atualmente, esse grupo conta com mais de 16.000 espécies conhecidas e compõe entre 15 e 25% da biomassa total de animais em terra firme. Existem cerca de 10 quatrilhões de  formigas no planeta, o que equivale a 1,25 milhões de formigas para cada ser humano na Terra. Esses insetos, que desenvolveram formas de agricultura e pecuária, são capazes de derrubar ou criar novas florestas e são a base de diversos ecossistemas.

Imagem relacionada
Diversidade morfológica de algumas espécies de formiga – Por Benoit Guénard

Devido à complexidade de suas sociedades, é inevitável que, ao se encontrarem, espécies e colônias diferentes entrem em conflito. Em alguns casos, um pequeno confronto pode desencadear no completo extermínio de outro formigueiro, com milhões de corpos espalhados ao final da batalha. Entretanto, esse não é sempre o caso. A formiga-argentina (Linepithema humile) é uma espécie que possui interações sociais peculiares, com 300 rainhas existindo para cada 1.000 operárias. Além disso, em muitos casos, formigas de colônias próximas, geralmente com um ancestral em comum, podem trafegar livremente entre os formigueiros, o que cria uma rede colaborativa entre diferentes populações. Em seu habitat, essa espécie já era extremamente bem sucedida. O que ninguém esperava, porém, era que esses animais conquistariam todos os continentes do planeta com a ajuda do ser humano.

Resultado de imagem para Linepithema humile distribution map
Com uma distribuição original restrita ao sul do Rio Paraná, essa espécie de formiga colonizou todos os continentes, com exceção da Antártida – Por Xavier Espadaler

Transportada da América do Sul para outros locais por meio de embarcações, essas formigas rapidamente criaram super colônias nos países em que chegaram, formando uma grande rede de formigueiros conectados que se estendia por centenas de quilômetros. Por ser uma espécie exótica fora da América do Sul, as formigas-argentinas tornaram-se invasoras, uma vez que não possuem predadores nos novos territórios que conquistaram. Dessa forma, elas foram capazes de atingir números populacionais gigantescos, extirpando diversas áreas de suas espécies nativas. Ao estudar as relações sociais dessa espécie, cientistas perceberam que todas as grandes colônias dos Estados Unidos comportavam-se como uma só, sendo agressivas apenas com formigas de colônias menores, provavelmente descendentes de uma onda de colonização mais recente no país. O mesmo foi observado na Europa, Japão, Austrália e em diversas ilhas do Pacífico, o que levou pesquisadores a questionar as relações sociais inter-continentais desses organismos.

File:Giraud, T., Pedersen, J.S. et al. 2002. Fig. 1.jpg
Uma das regiões estudadas, a Europa apresenta uma supercolônia que se estende por quase seis mil quilômetros – Por Giraud, T., Pedersen, J.S. et al.

Por esse motivo, cientistas de vários países se reuniram em 2009 para testar os níveis de agressão entre diversas colônias do planeta. Ao transportarem formigas entre diferentes regiões e soltá-las perto de um formigueiro, os biólogos puderam observar e registrar se elas se comportariam de forma agressiva ou se as formigas recém-chegadas seriam bem-vindas. Enquanto a agressividade era mais comum entre formigas de diferentes áreas da América do Sul, ao transportar esses animais entre a América do Norte, Europa e o Japão, as recém-chegadas rapidamente passavam a integrar a colônia local. O experimento foi repetido diversas vezes e sempre apresentou o mesmo resultado: as formigas-argentinas desses três continentes se comportam como uma mega-colônia mundial.

Resultado de imagem para linepithema humile
Linepithema humile – Foto do GLOBAL INVASIVE SPECIES DATABASE

Ao todo, essa mega-colônia ocupa uma área de 6.900 km², totalizando bilhões de operárias e rainhas. Se fosse um país, a população desse império seria a maior do planeta. Em área, ele ocuparia a 163ª posição do mundo, sendo maior que a Palestina, Malta, Barbados, Cabo Verde, dentre outros. Para fins comparativos, consideremos que os humanos são cerca de 7.200 vezes maior do que esses animais. Se seu território fosse proporcionalmente 7.200 maior, ele teria 49,7 milhões de km², sendo maior que o Império Britânico, o maior em área da história. Recentemente, porém, outros pesquisadores apontaram que as populações do Havaí, da Austrália e da Nova Zelândia também possam fazer parte da mega-colônia, o que aumentaria sua área de forma significativa.

Localização das megacolônia em amarelo

 

Assim como os humanos, diversos animais criam sociedades complexas que apenas recentemente começamos a compreender. As Linepithemas são um lembrete da complexidade desses animais e da importância do conhecimento sobre esses organismos cruciais para a vida de diversos ecossistemas. Mesmo sendo animais comuns, as formigas possuem uma diversidade inimaginável, criando uma das redes de interações mais complexas de nossa biosfera.

Por esse motivo, é com muito orgulho que o Tunes Ambiental está apoiando o XXIV Simpósio de Mirmecologia, o maior encontro científico sobre formigas do planeta, que acontecerá no Campus Pampulha da Universidade Federal de Minas Gerais, em Belo Horizonte – MG. Com centenas de pesquisadores nacionais e internacionais, o evento ocorrerá no período de 30 de setembro a 04 de outubro de 2019, e tem como objetivo integrar as várias áreas do conhecimento científico que contribuem para o avanço da mirmecologia. Mais informações no site: http://mirmecobh2019.com.br/

Leia também:

Saara – O paraíso transformado em deserto

Derretimento do Permafrost e sua ameaça à humanidade

O Fim dos Corais – Como o aquecimento global está ameaçando nossos ambientes marinhos mais diversos

Capivaras – Pragas urbanas ou importantes animais silvestres?

O Fim dos Gigantes – Conheça o papel do ser humano na extinção dos animais pré-históricos

Engenheiros da Natureza – Como alguns animais conseguem transformar o ambiente em que vivem

Aliens entre nós

 

Referências

https://www.atlasobscura.com/articles/how-the-world-became-a-giant-ant-colony

http://www.bbc.com/earth/bespoke/story/20140908-battle-of-the-ants/index.html

http://news.bbc.co.uk/earth/hi/earth_news/newsid_8127000/8127519.stm

This Three-Continent Ant Mega-Colony WILL Conquer Earth Soon

Artigo “Intercontinental union of Argentine ants: Behavioral relationships among
introduced populations in Europe, North America, and Asia” (2009) – Por ESPADELER, X. e TERAYAMA, M.

https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC122904/

https://blogs.scientificamerican.com/news-blog/ant-colony-crosses-continents-2009-07-02/

https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC3352483/

https://www.researchgate.net/publication/228654113_Worldwide_spread_of_the_Argentine_ant_Linepithema_humile_Hymenoptera_Formicidae

https://www.antweb.org/description.do?genus=linepithema&species=humile&rank=species

http://www.iucngisd.org/gisd/species.php?sc=127

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: